HOME
EMPRESA
SERVIÇOS
SHOWROOM
CONTATO
Fone: (44) 3253-7584
 
tie-sangue
Título:  Projetos com Gesso - 10 coisas que você pode e não pode fazer segunda a arquiteta Letícia Reigada
05/07/2013

Notícia:   São muitos os detalhes de decoração que ajudam a compor um ambiente lindo, elegante e funcional, e nos últimos anos os projetos em gesso vêm ganhando grande destaque, por apresentarem todas essas características. Por isso, neste mês a arquiteta Letícia Reigada foi a convidada da revista Em Casa para dar suas dicas sobre o assunto. “O gesso é uma alternativa econômica para revestimento em paredes de alvenaria ou em substituição às mesmas, e na decoração de ambientes. Sua vantagem se deve à facilidade, versatilidade (recortes, curvas etc.), rapidez de instalação e secagem em poucas horas. Com ele podem-se fazer rebaixamentos de tetos, molduras, galerias para cortinas, estantes, prateleiras, nichos, rodapés, divisórias etc.. A tendência hoje para aplicação de gesso é a simplicidade, sem o exagero nos desenhos ou detalhes rebuscados”, esclarece. Confira agora as dicas da profissional:

10 COISAS QUE RECOMENDO

1. Utilizar forro de gesso para distribuir a iluminação dos ambientes, que deve ser pensado juntamente com o projeto luminotécnico, planejando os detalhes que valorizem o ambiente.

2. Antes da aplicação do forro, contratar um técnico eletricista para distribuir toda a fiação elétrica e/ou cabos de som e, se houver ar-condicionado, a tubulação também deverá ser instalada antes.

3. Aproveitar a utilização do forro de gesso para incluir alguns detalhes e desenhos diferentes, com cortes e molduras, ao invés de usar apenas o gesso liso.

4. Usar desenhos no forro para delimitar os ambientes, assim é possível separar, por exemplo, o espaço da sala de jantar e de estar de uma forma sutil.

5. Para um melhor acabamento, o projeto de forro deverá prever molduras ou tabica (espaço de 2 cm entre a parede e o forro).

6. Procurar conhecer os trabalhos já executados pela empresa a ser contratada para aplicar o gesso, a fim de avaliar a qualidade do serviço.

7. Verificar se a empresa contratada encarrega-se da remoção do entulho, ou se ficará a cargo do cliente a contratação de uma empresa fornecedora de caçamba que dê o destino correto ao resíduo produzido.

8. Liberar o espaço de trabalho e forrar o piso com papelão ondulado, além de solicitar ao gesseiro que limpe o local após a execução da obra.

9. Trabalhar com rebaixo de teto de 15 cm no mínimo, para que se possa utilizar iluminação embutida.

10. Contratar um bom profissional de pintura, para que o gesso tenha um bom acabamento.
GESSO PAULISTA
Rua Rodolfo Cremm, 5312 - Jardim Colina Verde - Contorno Norte - Cep: 87043-700 - Maringá, Pr